Fios Sintéticos de Poliamida

Apresenta autossuficiência contra intempéries, excepcional resistência a sucessivos carregamentos e ótima recuperação elástica.

Juntamente com o seu bom alongamento, determinam uma extraordinária resistência ao choque (capacidade de absorver energia), garantindo o equilíbrio e a segurança desejada nas mais exigentes e perigosas aplicações com cabos E CORDAS fabricados com a Poliamida.

Essa fibra possui resistência superior sobre outros produtos feitos com resinas termoplásticas com propriedades similares, mas de composições químicas diferentes, o que lhe dá uma vida útil superior às outras fibras do grupo das sintéticas.

A Poliamida (nylon) apresenta boa resistência à ação de ácidos orgânicos como fórmico e acético, porém sua resistência sob ação de ácidos minerais (sulfúrico, clorídrico, nítrico) é pequena.

Sua resistência aos álcalis é excelente, assim como aos solventes orgânicos como alcoóis, aldeídos, hidrocarbonatos simples e halogenados, éteres, cetonas e sulfato de carbono, aos detergentes de síntese e ao sabão.

É atacado por oxidantes como permanganatos, água oxigenada e por produtos fenólicos que à temperaturas elevadas têm ação de dissolvente do Poliamida (nylon).

Esta entrada foi publicada em Artigos Quality Fix. Adicione o link permanente aos seus favoritos.